quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Remover Kernels Antigos

Após algumas atualizações é comum que tenhamos uma grande quantidade de entradas do Kernel no Grub.

Nenhum problema exceto o espaço em disco e se você tem que gerenciar alguma versão específica, como o meu caso, em que tenho que ter, além da versão generic, alguma versão real time específica.

Seja qual for o motivo, se você tem que remover os Kernels antigos, ou você vai dando apt-get purge em cada pacote (no terminal), ou usa de uma ferramenta tipo Synaptic que permite marcar vários e sair dando purge neles.

O problema com essas abordagens é que sempre fica alguma coisa sem remover e você corre o risco de remover alguma coisa que não queria, como por exemplo o Kernel novo.

A alternativa melhor veio da própria Canonical. O Sr. Dustin Kirkland, que trabalha lá dentro, criou uma ferramenta de linha de comando chamada purge-old-kernels.

Para instalar e usar faça o seguinte:

sudo apt install byobu
sudo purge-old-kernels
E vói-lá. Kernels antigos removidos com segurança. Os últimos 2 são mantidos. Para alterar isso pode usar a opção --keep. Veja o man para maiores detalhes

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Como gerenciar marcadores no Nautillus

Para não esquecer...

Os marcadores do Nautilus ficam em:

$HOME/.config/gtk-3.0/bookmarks

A ordem em que eles aparecem no arquivo é a mesma na parte de marcadores no Nautilus

Abraços


terça-feira, 21 de julho de 2015

Instalando o RTAI no Linux Ubuntu 14.04

Um post bem interesante e que aqui coloco para não perder é:

https://gist.github.com/gaoyifan/c881aa36cd02fb5c1c20

O autor faz um passo a passo bem simples do patch e compilação do RTAI no Ubuntu 14.04.

Outra maneira é

sudo apt-get intall rtai

Ainda não testei esse método direto. Quando o fizer posto aqui os resultados.

Abraços

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Atualização do Skype

Aconteceu de meu Skype, do nada, parar de conectar! Nem mudando senha dá jeito.

Funça daqui, pesquisa dali e vi que há uma atualização no site do Skype de uma nova versão para Linux: 4.3.

Link: http://www.skype.com/en/download-skype/skype-for-computer/

Então, baixei a atualização, removi o Skype antigo (4.2) e instalei o novo.

O truque, entretanto está nas dependências. Remova o Skype antigo, dê um autoremove para remover as sobras de bibliotecas, depois tente instalar o .deb.

Aí vai acontecer erros de dependências e o sistema vai deixar tudo desconfigurado.

Sem problemas, vá e tente instalar algumas das dependências. Não vai consegui, mas o sistema vai te indicar a solução: force install! Aí o apt-get vai baixar as dependências corretas e vai configurar o Skype corretamente.

Tudo tem que ser feito no terminal.

Sequência de comandos:

$ sudo apt-get purge skype
$ sudo apt-get autoremove
$ sudo dpkg -i skype-ubuntu-precise_4.3.0.37-1_i386.deb (vai ficar desconfigurado)
$ sudo apt-get install libqtwebkit4:i386 (não vai conseguir instalar, mas vai fazer a varredura correta de todas as dependências)
$ sudo apt-get -f install (vai instalar as dependências e configurar o skype corretamente)

Abraços


quarta-feira, 25 de junho de 2014

De volta

Depois de um longo tempo sem postar, aqui retorno.

Mas ainda sem grandes novidades... Só um comentário:

Estou um bocado triste com o desenvolvimento do Ubuntu. Eles estão complicando o que era simples, deixando feio o que era bonito, me deixando com "a pulga atrás da orelha" com os novos "recursos" que não servem senão para te expor num mundo já muito mais público do que eu gostaria que fosse. Vamos ver a reação da comunidade!

Estou tão entristecido que tentei até mudar de SO. E já faz mais de 8 meses que tenho o Elementary OS instalado e funcional.

Abraços

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Agora com o ElementaryOS

É o seguinte,

Instalei o ElementaryOS, na sua versão Luna, uma distribuição baseada no Ubuntu 12.04 LTS, com Gnome 3 quase padrão mais um dock.

Veja a figura abaixo um screenshot do meu ambiente:



É um ambiente totalmente limpo. De verdade, o ambiente não vem nem com o LibreOffice.

Aplicativos:
  • Gerenciador de arquivos: phanteon
  • Editor de textos: scratch
  • Email:  geary
  • Música: noise
  • Navegador: mindori
  • Fotos: shotwell
  • Mensagens: empathy

Mas, após as instalações e configurações iniciais, temos um ambiente com a cara do Mac, as funcionalidades do Ubuntu e a segurança de um Linux.

Como não gostei das firulas do Unity, aqui vai mais uma dica: ElementaryOS. Um Ubuntu sem frescuras, e realmente fácil de usar.

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Para não esquecer - E se o wifi não sobe de jeito nenhum?

Olá,

É o seguinte...

Não sei porque, às vezes a gente desliga o WiFi via software (coloca o WiFi como inativo, não no botão do note, mas no do ambiente gráfico) e, depois de um re-boot, ele assim permanece (i.e. OFF) e não sobe de jeito nenhum; mesmo que cê passe horas tentando pelo botão do ambiente gráfico colocar par ON, ele insiste em voltar para OFF.

E agora?

Sem rede, sem navegador, sem Google, sem pesquisa e... sem solução?

Não é bem assim. Você pode começar a catar, como eu fiz, por um monte de páginas de man e info, no terminal, e descobre que o Debian tem uns scripts para bloquear e desbloquear o WiFi (e Bluetooth). O principal deles é o rfkill.

Então, da próxima vez faz direto um man no rfkill.

Repetindo que é para não esquecer: da próxima vez, para não esquecer, faz direto um man no rfkill.

E, de novo: faz direto um man no rfkill.

Se tiver boa memória:
$ sudo su
# rfkill list
# rfkill unblock 3
# exit
Na minha máquina o índice 3, correspondente ao phy0, é o equivalente a minha wlan0.

Abraços